27 de setembro de 2019 10:50

Alunos e professores de Mossoró participam do Grand Prix Senai UnP de Inovação

Em equipes, os participantes buscam soluções para problemas reais de empresas convidadas

Começou a grande corrida em busca de soluções para problemas em empresas do mercado mossoroense. O I Grand Prix Senai UnP de Inovação reúne professores e alunos da Universidade e do Senai. A abertura do evento aconteceu no dia 25 de setembro, com a participação de todos os inscritos. Houve um sorteio e foram formadas 5 equipes, cada uma com um professor da UnP, um professor do Senai, dois alunos da UnP e dois alunos do Senai. Também na abertura, 5 empresas parceiras estiveram presentes e trouxeram desafios para que as equipes busquem soluções até o fim do Grand Prix.

 

As empresas participantes do Grand Prix são: a Socel, indústria salineira; Purofruit, de polpas de fruta; Vcitech, de tecnologia; BQMIL, indústria química e a Amana, de água mineral. Logo na formação das equipes, essas empresas lançaram seus desafios, e agora, os participantes correm contra o tempo para apresentar as melhores soluções para cada uma. Segundo Lorena Sena, coordenadora da Incubadora Empreende da UnP, o evento é realizado para ampliar o lado empreendedor dos alunos, principalmente no ramo da inovação e tecnologia. “A parceria com o Senai só reforça nosso objetivo, para transformarmos o Campus Mossoró em referência no empreendedorismo”, disse.

 

Preparação
Antes das equipes se reunirem para dar início as atividades, mentores convidados realizaram oficinas com os participantes. A partir daí, cada uma das 5 equipes recebeu desafios de 2 empresas diferentes. No fim do Grand Prix, as duas melhores ideias de resolução dos problemas serão premiadas, e os prêmios podem ir para a mesma equipe. 

 

O professor Kennedy Paiva, do curso de Ciências Contábeis faz parte de uma das equipes competidoras. Para ele, está sendo muito interessante trabalhar com pessoas que acabaram de se conhecer. “Todos estão muito focados e contribuindo com as atividades propostas. Há alunos da área de tecnologia, também da área das Ciências Humanas, e independente da formação, todos estão em sintonia em busca de um bom desempenho”. A aluna de Direito, Emanuele Oliveira, também faz parte do Grand Prix e contou que está motivada, apesar de não ser da área de tecnologia. “No começo fiquei mais acompanhando, observando, mas já estou conseguindo contribuir nos desafios. Está sendo muito legal!”, disse a aluna.

Visitas

Algumas equipes tiveram a oportunidade de visitar as empresas que estão participando das atividades. A professora da Escola de Negócios, Noeme Moreira, esteve com sua equipe em uma das empresas, e para ela, a visita foi fundamental. “Nós conhecemos os problemas de perto, tiramos muitas dúvidas e foi muito positivo. Os estudantes adoraram e voltaram mais motivados ainda”, relatou a professora.

 

Para o Senai, essa parceria com a UnP é muito positiva. A gerente do Insituto SENAI de Tecnologia, Núbia Juvino Diniz, falou que essa é a primeira vez que realiza o evento em parceria com uma outra instituição. “A UnP é uma grande parceira na realização do Grand Prix. Esse momento de compartilhamento de informações e saberes é muito rico. Unir a pesquisa e a tecnologia do SENAI com a academia, através da UnP, complementa toda a atividade e nos mostra que essa parceria entre as duas instituições só tem a crescer”, finalizou.

 

E as equipes vencedoras serão avaliadas por uma banca convidada, com profissionais e professores de universidades. Os grandes vencedores ganharão medalhas e bolsas de estudos na UnP e no SENAI.