11 de agosto de 2020 15:10

Brinquedoteca Social ensina a confeccionar brinquedos educativos em casa

Alunos do Polo Currais Novos mantêm projeto de forma remota ensinando pais e professores por meio das redes sociais

Com o distanciamento social, orientado devido a pandemia do coronavírus, o projeto Brinquedoteca Social – desenvolvido por alunos de Pedagogia do Polo Currais Novos – se reinventou. Com os encontros presenciais suspensos, os alunos gravaram vídeos e postaram nas redes sociais ensinando aos pais e professores como confeccionar brinquedos com materiais que seriam descartados.

Os alunos criaram os brinquedos em casa, e contaram com a ajuda de filhos, irmãos mais novos, as crianças da família para mostrar a funcionalidade dos brinquedos. Através dos vídeos, os alunos mostraram o passo a passo da confecção dos brinquedos educativos, pensados para ajudar no desenvolvimento de habilidades das crianças, bem como auxiliar na coordenação motora e memória.

Em 2019, foram entregues duas bibliotecas. “Através de uma triagem diante da necessidade de escolas da região, nossos alunos montaram brinquedotecas na Escola Municipal Salustiano Medeiros, em Currais Novos e também no Centro Infantil de Lagoa Nova”, conta a Coordenadora Administrativa do Polo, Sônia Araújo.

Ela acrescenta que nesse momento de isolamento social, onde muitas crianças estão em casa ociosas, precisando de estímulos diários e os educadores estão precisando se reinventar para proporcionar aprendizagem e entretenimento nas aulas remotas, os brinquedos educativos se tornaram primordiais..

A intenção é dar continuidade no projeto nos próximos semestres, inclusive com as ações presenciais, assim que for possível, diante das orientações de distanciamento que ainda vigoram nas escolas. “Queremos aprimorar o projeto e continuar usando as brincadeiras como instrumento de ensino”, finaliza Sônia.