25 de agosto de 2021 20:16

Brinquedoteca Social participa do Mês da Primeira Infância em Mossoró

Prefeitura de Mossoró promove o evento com alunos de Pedagogia

Através do projeto de extensão Brinquedoteca Social, estudantes do Curso de Pedagogia do Campus Mossoró participarão, no dia 27 de agosto, de Oficinas de Contação de Histórias dentro da programação do Mês da Primeira Infância, evento promovido pela prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Coordenação da Educação Infantil.

A coordenadora do Projeto Brinquedoteca Social da UnP, professora Naide Fernandes, explica que as oficinas de contação de histórias serão realizadas nos turnos manhã e tarde, por cerca de 30 alunos do curso de Pedagogia da UnP, participantes do projeto de extensão, e tem como público-alvo crianças de até seis anos de Unidades de Educação Infantil (UEIs) e Escolas da Rede Municipal de Educação.

“Neste cenário da pandemia decorrente da Covid-19, as metodologias ativas têm sido utilizadas com mais frequência, posto a necessidade das adaptações para os profissionais da educação básica. A Brinquedoteca Social propõe o desenvolvimento de ações formativas, com a utilização de recursos multifuncionais, audiovisuais e tecnológicos, a partir da construção de vídeos temáticos que irão trabalhar os aspectos da ludicidade, envolvendo atividades como a contação de histórias, a musicalização, o brinquedo cantado, numa dimensão da educação socioemocional”, enfatiza.

Naide Fernandes diz ainda que os vídeos serão destinados para a orientação das práticas pedagógicas dos alunos matriculados nas turmas de pedagogia e poderão ser replicados com as escolas locais, de modo a apresentar as diversas possibilidades de se trabalhar a ludicidade com as crianças, através dos recursos tecnológicos e, assim, promover uma melhor preparação dos sujeitos envolvidos para a sua atuação no cenário das escolas da educação infantil.

O Mês da Primeira Infância tem como tema “Cuidar e amar”, e as ações buscam sensibilizar o desempenho escolar, realizar estímulos motores, emocionais e intelectuais na primeira fase da vida. As oficinas de contação de histórias, realizadas pela parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o projeto Brinquedoteca Social do Curso de Pedagogia da UnP, contribuem com o acesso à leitura e o mundo da imaginação do público-alvo.