16 de setembro de 2021 08:23

Comissão inicia programação de palestras debatendo acessibilidade e inclusão

Iniciativa faz parte do projeto Escola do Futuro da UnP e já realizou a primeira oficina no dia 10/09
Por Thales Patrick , Aluno de Jornalismo UnP

A Comissão de Inclusão e Acessibilidade na Educação (CIAE) – braço do projeto Escola do Futuro da UnP – realizará durante o segundo semestre de 2021, palestras de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais (com ou sem diagnóstico). O primeiro evento já foi realizado no dia 10 de setembro com a temática: Depressão na infância e adolescência.

O objetivo da iniciativa é com a realização de palestras, informações, oficinas, adaptações de materiais, dentre outros, propor debates para a melhora da inserção dessas pessoas no meio acadêmico.

A professora da UnP e coordenadora do CIAE, Emannuelle Araújo, ressalta a importância e o papel das ações nestes eventos. “A comissão vem somar para a capacitação e formação da consciência de uma educação inclusiva, onde juntos podemos diminuir qualquer tipo de discriminação e, assim, corroborar para a inclusão social”.

Para que seja possível a realização prática desses projetos, um dos focos será a qualificação dos docentes e principalmente dos discentes estagiários dos cursos da Escola de Educação da Universidade Potiguar. As crianças e adolescentes com necessidades educacionais especiais nas instituições públicas e privadas de ensino, serão as beneficiadas com a iniciativa humanitária.

A próxima roda de conversa será realizada no dia 20 de setembro, às 10h e 19h, com o tema: Educação de Surdos: Desafios e Oportunidades.

Além da professora Emannuelle, o debate contará com as presenças do pedagogo da UnP e professor de libras, Aldemir lima; além da mestra fonoaudióloga pela UFRN, Laise Caroba.

As inscrições podem ser feitas em www.unp.br/eventos e o acesso à sala de aula virtual está disponível clicando AQUI.