25 de novembro de 2019 10:48

Oficina sobre expressões faciais das crianças reúne alunos de Pedagogia em Mossoró

Atividade foi proposta pelo estudante Matheus Medeiros que estuda o tema


Conduzida pelo aluno Matheus Medeiros, da 4ª série de Pedagogia do Campus Mossoró, a oficina “Expressões faciais das crianças: Trabalho pedagógico através de microdetalhes” reuniu alunos, professores e comunidade externa no auditório da Universidade, no dia 22 de novembro.

Matheus, que estuda o tema para elaboração de artigos, propôs à Coordenação do Curso a realização da oficina para compartilhar conhecimento com os colegas. “Eu sempre gostei de estudar Psicologia enquanto hobby paralelo à formação em Pedagogia. E há algum tempo acompanho especialistas em linguagem corporal e expressões faciais, por isso comecei a desenvolver pesquisas na área, e resolvi sugerir a realização da oficina, que foi bastante aceita pelos professores e também pelos colegas”, conta.

A atividade começou com um momento descontraído, e com músicas de diferentes ritmos, para mostrar como as expressões faciais dos participantes mudavam, de acordo com o ritmo. Para a Profa. Maquézia Emília de Morais, que esteve presente na atividade, o tema trazido pelo aluno é muito pertinente. De acordo com ela, a oficina mostrou uma autonomia dele, que resolveu compartilhar com todos algo que ele está estudando além da sala de aula.

Envolvimento

“A oficina fez os outros alunos se envolverem, participando ativamente. E contou também com a presença de professores, o que reforça que nós sempre ensinamos e aprendemos ao mesmo tempo, nos dando muito orgulho. Atividades propostas pelos alunos são sempre bem vindas, pois estimulam a produção acadêmica, cultural e científica. Vê-los engajados é inspirador”, avaliou a docente.

Os participantes aprovaram a oficina. A aluna da 2ª série de Pedagogia, Bruna Alves, disse que foi muito interessante ver um colega de curso conduzindo um evento, compartilhando um novo conhecimento com todos. E a aluna Gabriela Maia, também da 2ª série gostou da atividade. “É muito importante participar das atividades realizadas, fora da sala de aula, ver um colega tomando a iniciativa nos motiva”, finalizou.