1 de outubro de 2020 16:53

Prof. João Costa e Prof. Diogo Menezes aprovam trabalhos em eventos nacionais e internacionais

Docentes fazem parte da Escola de Ciências Sociais Aplicadas, Educação, Artes e Humanidades 

A carreira universitária é um campo que exige dinamismo e inovação. É preciso estar em constante rotina de aprendizado e produção para contribuir com a formação de futuros profissionais de qualidade. Frente à responsabilidade e comprometimento, o corpo docente da Universidade Potiguar está sempre em movimento, produzindo e auxiliando trabalhos acadêmicos.

Diante de um cenário pandêmico de 2020, dois professores da instituição tiveram artigos aprovados em eventos nacionais e no VIII Singep e 8a CIK, parceria entre o Simpósio Internacional de Gestão de Projetos, Inovação e Sustentabilidade e a Conferência Internacional do CYRUS Institute of Knowledge (CIK).

Os responsáveis são João Florêncio da Costa Júnior, educador dos cursos de Administração e Relações Internacionais, e Diogo de Menezes Cortês Bezerra, que também leciona em Administração. Ambos fazem parte da Escola de Ciências Sociais Aplicadas, Educação, Artes e Humanidades do Campus Natal.

“Tivemos um bom ano de produção”, afirma o Prof. João Costa, que integra todos os quatro trabalhos aprovados. Entre eles, está o artigo “Internationalization through Project Management: Developing a model for prioritization of Internationalization projects in incubated companies”, selecionado pela parceria internacional VIII Singep e 8a CIK.

Outras duas produções serão apresentadas no SemeAd (Seminários em Administração da FEA/USP): Internationalization Barriers Faced by Incubated companies: A Study on Three Business Incubators in the city of Natal/RN – Brazil, de autoria do Prof. João. Já o segundo, conta com a coprodução entre o Prof. Diogo Menezes e o docente João Costa: Organização Baseada em Projetos na Gestão de Compras Públicas: uma análise da percepção de gestores sobre os benefícios dessa nova perspectiva. Os autores são colegas de doutorado em Administração na Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN).

O último trabalho, ainda de produção do docente João Costa, é intitulado “The Early Impacts of Big Data on Strategic Portfolio Managament: A Case Study” e será apresentado na plataforma Convibra, portal online para a realização de conferências que atua desde 2014 apenas através da Internet, a fim de democratizar a participação das universidades de todo o Brasil.

Pandemia

Apesar de apenas o Convibra ser o único essencialmente virtual, todos os outros serão realizados de forma remota, ainda este ano, em virtude da pandemia do COVID-19. Embora a sociedade tenha sido remodelada, ainda que por um período limitado, e os obstáculos tenham se intensificado, o docente João Costa revela que “a pandemia trouxe muitas oportunidades para divulgação. Antes, os acadêmicos tinham que se deslocar até o local do evento, então apresentar em três eventos diferentes no ano exigia um investimento enorme por parte das instituições. As apresentações remotas nos permitem divulgar nossos trabalhos a custo zero”, confessa.

Ainda, discorre: “Isso traz vantagens para todos e torna os eventos mais acessíveis para novos pesquisadores”.  Sobre as aprovações, o professor comenta que a publicação em eventos como o SINGEP e o SemeAD “praticamente garante a publicação posterior do trabalho em uma revista relevante, dando destaque ao pesquisador e a seu trabalho. Através disso, nós esperamos ter um amplo diálogo com outros pesquisadores sobre o tema, enriquecendo nosso campo de estudo”.