3 de novembro de 2020 15:36

Professores da UnP são convidados para participar de Simpósio da Apex-Brasil

Evento gratuito acontecerá em novembro e abordará tendências dos negócios internacionais

O Simpósio em Negócios Internacionais (SNI), promovido pela Apex-Brasil, contará com a participação do Prof. João Costa e da Profa. Joyce Cavalcanti. Eles apresentarão durante o evento um estudo com revisão bibliográfica de todas as produções acadêmicas de impacto já produzidas no Brasil sobre a atuação da Apex-Brasil.

O SNI ocorrerá no dia 26 de novembro, de 9h às 13h, pela plataforma virtual Zoom. As inscrições gratuitas devem ser feitas até o dia 22 de novembro AQUI. Para conferir a programação completa basta clicar aqui para acessar.

O evento foca a comunidade empresarial e acadêmica, tendo apresentações de representantes de suas parcerias: Funcex, Fundação Dom Cabral e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Sobre o SNI da Apex-Brasil

O Simpósio em Negócios Internacionais irá promover o debate acerca de tendências nos campos de conhecimento que fundamentam a atuação e a especialização da Apex-Brasil, bem como dos atores das diferentes dimensões do ecossistema de negócios internacionais: governo, academia, iniciativa privada e empresas. 

No ano 2020, a pandemia gerou impactos relevantes no cenário econômico dos mercados globais e, portanto, nas atividades de comércio exterior e investimentos estrangeiros. Verificamos um crescimento da virtualização nas relações comerciais, a reorganização das cadeias globais de valor e a adoção de novas políticas monetárias, fiscais e comerciais pelos governos A inovação e a transformação digital para auxiliar na solução dos grandes desafios que surgiram ou foram ampliados também ganharam destaque no período.

Em sua primeira edição, o SNI 2020, uma realização da Apex-Brasil em parceria com a Funcex, a FDC e o Ipea, abordará os temas relacionados às mudanças e a possíveis caminhos e tendências que demandarão estudos, pesquisas e novas experiências e aprendizagens, pelas perspectivas dos agentes de negócios internacionais do governo, do setor privado e da academia.