4 de março de 2021 10:11

UnP realiza V Semana da Mulher na Engenharia

Evento será realizado online pela primeira vez. Inscrições são gratuitas e abertas ao público em geral

As mulheres vêm cada vez mais ganhando espaço no meio profissional, inclusive nas carreiras tradicionalmente masculinas, como as Engenharias. Diante disso, há 5 anos a Escola de Ciências Exatas e Tecnologia realiza a Semana da Mulher na Engenharia, evento que discute a importância e atuação da mulher nessa área profissional, mostrando que todos têm o mesmo espaço.

Na segunda-feira, 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, o Centro de Excelência em Pesquisa Aplica da UnP (e-Labora) realiza uma mesa-redonda, com o tema “Caminhos e Conquistas: Percursos Formativos da Mulher nas Ciências Exatas”. A mediação e debate fica por conta de docentes de Instituições de Ensino Superior da rede Laureate.

As mediadoras serão as professoras da UnP Luciana Xavier e Huedly Chaves, do curso de Engenharia Civil. Entre as convidadas, estarão as professoras Fernanda Fragoso (UniFG), Marília Cavalcante (UNIFACS), Luciana Lugli (FMU), Paula Salum (UniRitter), Samara Teixeira (FPB) e Kátia Lopes (UnP).

Segundo o Coordenador do e-Labora, Prof. Éder Miranda da Silva, o evento pretende destacar o espaço que as mulheres vêm ganhando em suas profissões em meio a tantas superações, desafios e preconceitos. “Na própria Universidade Potiguar, temos muitos exemplos de mulheres em posição de destaque, que se tornam referências para os futuros profissionais que estão em formação”, disse.

Ele lembra nomes de liderança feminina na UnP como a presidente, Sâmela Gomes, as Gerentes de Escola, Profa. Camila Nóbrega (Ciências Exatas) e Profa. Melyssa Medeiros (Saúde), e a Coordenadora de Stricto Sensu, Profa. Amália Rego.

As inscrições para a V Semana da Mulher já estão abertas em www.unp.br/eventos. O evento é gratuito, e todos os participantes receberão um certificado de 5h de participação. Serão dois momentos de conversa: pela manhã, das 9h às 11h, e à noite, das 19h às 21h, através da plataforma Collaborate Ultra, que os alunos já conhecem devido as aulas on-line.